LETRAS EM AÇÃO - Programa de Formação de Professores

PROGRAMA DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO BÁSICA II

(Aprovado pela EFAP/SEE-SP)

 

 

I – TÍTULO

 

LETRAS EM AÇÃO – Programa de Formação de Professores de Educação Básica II

 

II – INSTITUIÇÃO PROPONENTE E EXECUTORA

 

Escola Estadual Professora Isabel Ferreira da Silva – Belinha

 

III – JUSTIFICATIVA

 

Nos últimos anos, a Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores da Secretária de Educação do Estado de São Paulo, vem desenvolvendo um trabalho significativo na linha de formação de professores em serviço. Uma análise rápida da atuação da EFAP permite identificar, diferentes momentos que correspondem a diversos enfoques nas tendências das capacitações em serviço. De modo geral, vivencia através de seus projetos propostas de capacitação de docentes mais fundamentadas nas linhas progressistas. Isso significa que, para além da formação escolar, a formação oferecida pela EFAP, pelas Universidades, os saberes dos educadores necessita ser aperfeiçoado no cotidiano do trabalho escolar, na dinâmica da Unidade Escolar, no dia-a-dia, na sala de aula, na rotina da escola, enfim, pois é nesse ambiente que as principais dificuldades a serem superadas pelos professores se apresentam, tais como: redução da indisciplina em sala de aula e no âmbito escolar; melhoria do rendimento e do desempenho nas avaliações internas e externas (SARESP); promoção de maior interação e envolvimento dos alunos nas ações escolares.

Para tanto, é necessário que o professor receba formação capaz de lhe propiciar condições para que ele faça de sua prática objeto de reflexão e de pesquisa, habituando-se a problematizar seu cotidiano, a interrogar-se, transformando a própria escola em que atua e a si próprio. Na busca de aperfeiçoamento, aprimoramento ou desenvolvimento de novas potencialidades, para uma escola nova, competente e de qualidade, faz-se necessário intervir na relação docente, sendo isto fundamental para enriquecer o relacionamento interpessoal, bem como desenvolver o espírito de equipe – este aspecto essencial para reflexão e mudanças na prática pedagógica.

 

IV – OBJETIVOS

 

Estender a formação a todos os professores de Educação Básica II da rede pública, tendo como fundamento o projeto de formação encaminhado à Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Professores – EFAP em 01 de fevereiro de 2014. Proporcionar aos educadores a possibilidade de contribuir para o desenvolvimento de competências e habilidades no que se refere ao ensino da leitura e da escrita. Propor desafios para trabalhar a diversidade textual, preparando o professor para lidar com essa diversidade na construção de competências profissionais.

 

V – PÚBLICO ALVO

 

O curso destina-se a professores de Educação Básica II da rede pública estadual paulista que atuam no 6ºs a 9ºs anos do Ensino Fundamental e, poderá ser aberto a outros profissionais de educação que pretendam aprofundar conhecimentos sobre a prática pedagógica. Por se tratar de um curso destinado ao aprendizado dos conteúdos de leitura e escrita, não substitui outros cursos ou programas destinados ao trabalho da formação profissional.

 

VI – CONTEÚDO E METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DO CURSO

 

O curso será organizado em três módulos, num total de 34 encontros, compostos de unidades equivalentes a um ou mais encontros. A última das unidades de cada módulo será a reflexão individualizada dos conteúdos abordados referente às aprendizagens dos professores participantes.

 

VII – ESTRATÉGIAS E RECURSOS TECNOLÓGICOS SELECIONADOS

 

O trabalho de formação proposto apóia-se nos seguintes materiais:

 

  • xerox do material escrito: coletânea de textos e artigos literários lidos no grupo ou estudados no trabalho pessoal, propostas de situações didáticas para discussão coletiva e outros instrumentos de apoio pedagógico do professor; documento de apresentação do Programa e material de orientação do formador.

 

  • Fitas de vídeo, com seus respectivos objetivos.

 

VIII – FORMAS DE ACOMPANHAMENTO E DE AVALIAÇÃO DOS PARTICIPANTES E DO CURSO

 

Os professores que participarem da formação serão acompanhados e avaliados através de:

  • participação nos encontros presenciais;

  • execução das atividades planejadas durante o curso;

  • avaliação através da reflexão individualizada sobre os conteúdos abordados, ao término de cada módulo;

  • apresentação do portfólio das atividades – trabalho de conclusão

  • avaliação final do curso.

 

X – DECLARAÇÃO DE PARTICIPAÇÃO

 

Ao término do curso, os participantes com freqüência igual ou superior a 80% dos encontros presenciais e que tiverem realizado todas as tarefas propostas receberão CERTIFICADO emitido pela Diretoria de Ensino de Mogi das Cruzes com efeito de evolução funcional na carreira.

 

XI – RELAÇÃO NOMINAL E CURRÍCULOS RESUMIDOS DOS PROFISSIONAIS RESPONSÁVEIS PELA COORDENAÇÃO, ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO CURSO.

 

SUPERVISÃO E COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

MARCELO DE ABREU CÉSAR.

 

ORGANIZAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DO CURSO

  • MARCELO DE ABREU CÉSAR;

  • CARLOS ALBERTO DA SILVA FILHO;

  •  MARIA FRANCISCA MOREIRA FERREIRA;

  • MARIA REGINA DA CONCEIÇÃO RODRIGUES;

  •  MARIA ELIZABETH LOPES.

 

 XII – REGULAMENTAÇÃO DO CURSO LETRAS EM AÇÃO

 

A carga horária total:

O curso totaliza 160 horas.

 

A sistemática de desenvolvimento de atividades presenciais ou à distância:

A sistemática das atividades desenvolve-se nos três módulos do curso, com 40% do tempo destinado à formação em grupo e 60% do tempo destinado a trabalho pessoal: individual, em local e horário de livre escolha.

Além disso, o professor participante deverá articular o seu trabalho com os professores das demais áreas do currículo, numa visão interdisciplinar e de acordo com o projeto pedagógico da escola.

 

A distribuição da carga horária por tipo de atividade:

  • Atividades presenciais (totalizando 63 horas), distribuídas em 31 semanas, conforme cronograma das atividades presenciais em anexo.

Nos encontros presenciais estão previstas as atividades:

* Leitura em voz alta feita pelo formador;

* Retomada da tarefa do encontro anterior, com reflexões coletivas;

* Exibição e discussão dos programas de vídeos;

* Leituras e estudos discutidos no grupo;

* Trabalho Pessoal na plataforma Moodle.

 

  • Atividades à distância (totalizando 97 horas) de trabalho pessoal na plataforma Moodle, em local de livre escolha, distribuídas em 31 semanas, conforme cronograma das atividades à distância em anexo.

 

Período de realização:

Início previsto para 13 de março de 2014 e término previsto 11 de dezembro de 2014.

 

Horário:

O curso será realizado as quintas feiras das 19h30min às 21h30min, fora do horário de trabalho dos professores.

 

Vagas oferecidas:

Serão oferecidas 30 vagas, de início.

 

Mínimo e máximo de alunos por turma:

O número mínimo por turma será 10 e o número máximo será de 30 professores cursistas.

 

Recurso financeiro, com discriminação do tipo de despesa, quando o órgão proponente for da SEE.

A previsão orçamentária detalhada foi encaminhada a EFAP/SEE-SP conforme a INFORMAÇÃO Nº 93 solicitada pela Unidade Escolar em 01 de agosto de 2013.

 

LOCAL DE REALIZAÇÃO DO CURSO, COM ENDEREÇO COMPLETO:

Local de realização do curso: Rua João Benedito dos Santos, Nº 187 – Vila Brasileira – Mogi das Cruzes – São Paulo. CEP: 08738-260. Telefone: 4722-9374. E-mail: e923072a@see.sp.gov.br

 

 CRITÉRIOS PARA INSCRIÇÃO E SELEÇÃO DOS PARTICIPANTES

Serão adotados os seguintes critérios para inscrição conforme segue abaixo:

  1. Professores Titulares de Cargos com aulas atribuídas em pelo menos uma classe no Ensino Fundamental de Ciclo II.

  2. Professores Ocupantes de Função Atividade, com aulas atribuídas em pelo menos uma classe de Ensino Fundamental de Ciclo II.

  3. Demais professores da rede pública e profissionais da educação.

© 2023 by Coach.Corp. Proudly created with Wix.com